10 dicas de como economizar energia e diminuir o valor da conta de luz

Em tempos de crise algumas simples mudanças de hábito no dia a dia e aparelhos de alta eficiência podem ajudar a economizar bastante no fim do mês. Afinal de contas, quem é que não gosta de dinheiro sobrando?
De acordo com o engenheiro e gerente da Grundfos no Brasil, Marcelo Pustilnic, os aparelhos de alta eficiência, que têm mecanismos de ajustes e controles adaptáveis de acordo com o uso, podem reduzir o consumo de energia e água bem como algumas mudanças de hábitos. “Quanto maior for o rendimento do equipamento, menor é o consumo de energia. Alguns cuidados que parecem simples também podem gerar uma grande economia”, explica.


Dicas:

1. Prefira lâmpa das que economizam mais energia, como as LED – em uma lâmpada incandescente comum, menos de 10% da energia que passa por ela é transformada em luz. Os outros 90% de eletricidade são perdidos na forma de calor, por isso as lâmpadas desse gênero ficam quentes quando ficam acessa por muito tempo. Enquanto uma lâmpada incandescente gasta certa de 60W para produzir uma determinada quantia de lúmem, um conjunto de LED precisa de apenas 20W;
economia_domesticaReprodução.
2. Os aparelhos de ar condicionado de alta eficiência podem gerar uma economia de até 50%, pois atingem a temperatura desejada mais rapidamente. Além disso, quando estiver usando, mantenha os filtros limpos, portas e janelas bem fechadas, para evitar a entrada de ar do ambiente externo, isso dificulta a troca térmica do gás com o ar, aumentando a pressão interna no sistema e consequentemente reduzindo a eficiência do aparelho;
3. Escolha uma máquina de lavar de alta eficiência e com capacidade para atender as necessidades da família. Espere acumular roupas para utilizar a máquina de lavar menos vezes. As máquinas para lavar roupas também são uma alternativa econômica para o serviço manual porque limpam mais peças de uma vez, com consumo menor de água e em menos tempo;
4. Aproveite ao máximo a luz do dia deixando cortinas e portas abertas. Em caso de mesas de trabalho e de leitura, coloque-as próximas às janelas. Essa simples mudança nos cômodos pode gerar muita economia de energia no fim do mês;
5. Prefira geladeiras e freezers com eficiência energética, portanto, mais econômicos. Instale o aparelho em local bem ventilado e longe de fogões, aquecedores ou locais onde bate sol, para evitar gasto desnecessário de energia. Não abra a porta sem necessidade ou por tempo prolongado. Evite guardar líquidos em recipientes sem tampa ou forrar as prateleiras da geladeira com vidros ou plásticos, pois isto dificulta a circulação interna do ar frio;
6. Se possível, evite usar aparelhos elétricos durante o horário de pico, de maior consumo de energia (das 18h às 21h);
7. Desligue a função de standby dos aparelhos quando não estiver usando. Retire os aparelhos da tomada e desligue as luzes dos cômodos quando não estiverem sendo utilizados;
8. Evite o uso de benjamins. O acúmulo de ligações na mesma tomada pode causar o seu aquecimento e aumentar as perdas elétricas;
economia_domestica2Foto Via.
9. Para o aquecimento de água dê preferência aos aquecedores solares. Além da economia na conta de luz, você estará ajudando a preservar o meio ambiente;
10. Quando viajar, desligue a chave geral da casa para não gastar energia com coisas desnecessárias.











2 comentários:

  1. Prefira lâmpa das que economizam mais energia, como as LED – em uma lâmpada incandescente comum, menos de 10% da energia que passa por ela é transformada em luz. Os outros 90% de eletricidade são perdidos na forma de calor, por isso as lâmpadas desse gênero ficam quentes quando ficam acessa por muito tempo. Enquanto uma lâmpada incandescente gasta certa de 60W para produzir uma determinada quantia de lúmem, um conjunto de LED precisa de apenas 20W;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prefira lâmpa das que economizam mais energia, como as LED – em uma lâmpada incandescente comum, menos de 10% da energia que passa por ela é transformada em luz. Os outros 90% de eletricidade são perdidos na forma de calor, por isso as lâmpadas desse gênero ficam quentes quando ficam acessa por muito tempo. Enquanto uma lâmpada incandescente gasta certa de 60W para produzir uma determinada quantia de lúmem, um conjunto de LED precisa de apenas 20W;

      Excluir